MENU
(43) 3339-7199

Releases

SRP, Acil e Sinduscon ingressam em processo sobre Mata dos Godoy

A Sociedade Rural do Paraná, Associação Comercial e Industrial de Londrina e Sinduscon foram acolhidas pela Justiça como assistente no processo que discute a definição dos limites da zona de amortecimento da Mata dos Godoy. A área está localizada na Fazenda Santa Helena, no Distrito de Espírito Santo, a 15 quilômetros do centro de Londrina.

Com a decisão, as entidades passam a colaborar no processo. “Queremos uma solução para a zona de amortecimento que atenda a legislação ambiental sem prejuízo ao progresso da cidade”, comentou o diretor-jurídico da SRP, Sebastião Ferreira. As entidades pretendem contratar uma perícia para uma melhor avaliação da questão.

A zona de amortecimento da mata está definida pela portaria 217 do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), estabelecendo a região como necessariamente rural. O Plano Diretor aprovado em 2012, no entanto, aprovou a nova lei de perímetro urbano sem observar a Portaria.

A ONG Meio Ambiente Equilibrado (MAE) entrou com ação na Justiça com o objetivo de preservar a zona de amortecimento e atualmente vigora uma liminar concedida pela Justiça de Londrina proibindo construções e empreendimentos industriais na área, constituída por 55 mil hectares ao redor do parque.

Para as entidades agora parte do processo, é preciso chegar a um denominador comum, para que a Mata seja preservada, mas que a cidade também possa se desenvolver. “Acreditamos numa solução que irá atender, de forma consensual, todos os lados envolvidos neste processo”, comentou Ferreira.

 

 

Cliente: Sociedade Rural do Paraná

voltar